Notícias >> Segurança

MARINHA FORMA CURSANDOS AQUAVIÁRIOS, PARA MAIOR SEGURANÇA NA REPRESA DE RIFAINA

Noções para inscritos em curso foram passadas durante uma semana por oficiais da Marinha do Brasil

publicado em 10/12/2018

Foi realizada na última sexta-feira, a formação de alunos que prestaram o Curso de Formação de Aquaviários ministrado em Rifaina numa parceria da Prefeitura com a Capitania Fluvial do Tietê-Paraná da Marinha do Brasil.

O curso de Formação de Aquaviários Convés e Máquinas teve a finalidade, segundo o prefeito Hugo Lourenço, de garantir segurança e profissionalização aos que labutam diariamente no Rio Grande, que margeia a cidade de Rifaina.

As aulas foi ministradas no auditório da Casa da Cultura Rui Reis e aulas práticas programadas no curso foram realizadas em piscinas e até mesmo na represa do Rio Grande.

NOÇÕES E REGRAS

Durante uma semana, os alunos assimilaram as noções de regras de navegação, estabilidade da embarcação, noções de primeiros socorros, prevenção do meio ambiente, relações interpessoais e responsabilidades sociais.

A certificação obtida pelos formandos possibilita ainda a ascensão na carreira de aquaviário, a depender do tempo de embarque e da realização de novos cursos.

O CIR

O documento que certificou os participantes do curso é a CIR – Caderneta de Inscrição e Registro – de habilitação, identificação e registro de dados pessoais do aquaviário.

A CIR é emitida para prover o portador de identificação a fim de viajar de/ou para uma embarcação, além de registrar o serviço aquaviário.

O CURSO EM RIFAINA

O Curso de Formação de Aquaviários (CFAQ-II C/M – Nível1), destinou-se a habilitar os novos aquaviários a conduzirem e/ou tripularem embarcações de atividade profissional (como por exemplo lanchas ou botes de turismo náutico, pesca profissional, balsas, areeiros etc...

Trinta (30) formandos receberam a Carteira de Inscrição e Registro (CIR) e o certificado de conclusão do curso, que habilita o profissional a trabalhar na praça de máquinas e no convés das embarcações.

Durante uma semana, os alunos assimilaram as noções de regras de navegação, estabilidade da embarcação, noções de primeiros socorros, prevenção do meio ambiente, relações interpessoais e responsabilidades sociais.

Veja Galeria de Fotos de Ernani Baraldi