Notícias >> Saúde

VIGILÂNCIA LANÇA NOVO DENGUE ZAPP E REALIZA FUMACÊ A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA

publicado em 14/01/2017

Em sua permanente luta contra a Dengue, Prefeitura Municipal através da  Vigilância Sanitária – VISAM – da Secretaria de Saúde  criou,melhorou e informatizou mais uma “arma”.

Trata-se do canal de comunicação “Denguezapp”, pelo qual as pessoas da comunidade podem solicitar um Agente de Vetor para fiscalizar e orientar sobre a doença transmitida pelo mosquito aedes aegypti. 

Segundo Rodrigo Ferreira, Chefe da VISAM em Rifaina, a visita de um agente pode ser solicitada através de mensagem pelo aplicativo whatsapp cujo número é (16) 99961-9636.

Segundo Rodrigo, A idéia é facilitar o envio de fotos e vídeos de terrenos baldios ou casas abandonadas que possam conter focos do mosquito aedes aegypti. 

A Prefeitura de Rifaina realiza há vários meses um trabalho abrangente de prevenção e combate à Dengue.

A Vigilância Sanitária conta ainda com o respaldo de lei municipal que prevê multa para quem manter terrenos ou entulhos que facilitem a proliferação do mosquito transmissor da doença. 

Fumacê

Outras ações iniciadas durante esta semana têm, prosseguimento a partir de segunda-feira (16/01), segundo o coordenador de Vigilância Sanitária, Rodrigo Ferreira.

“De acordo com a determinação do prefeito Hugo Lourenço, o trabalho iniciado na semana passada se repetirá durante esta semana. Nesta segunda-feira, às 18h, iniciaremos mais uma aplicação da pulverização com veneno contra o mosquito e que, naturalmente, é inofensivo para as pessoas”, explicou Rodrigo Ferreira.

Ao mesmo tempo, os arrastões da Visam de Rifaina continua vistoriando e removendo entulhos e material que acumula água e que pode servir de criadouro do mosquito da dengue.

“A lei municipal que nos permite multar quem mantém locais sujos e que podem acumular água, será usada nos casos extremos, mas contamos com a colaboração dos moradores de Rifaina no combate ao mosquito, pois esta é uma luta de todos nós”, disse o Prefeito Hugo Lourenço.