Notícias >> Obras e Serviços

ENGIE JAGUARA REPASSARÁ R$ 224 MIL DE COMPENSAÇÃO FINANCEIRA A RIFAINA

Cidades de Pedregulho e Sacramento também são beneficiadas com repasses da Hidelétrica

publicado em 27/04/2018

Em três meses de operação, as Usinas Hidrelétricas Miranda e Jaguara repassarão o equivalente a R$ 3,57 milhões a título de compensação financeira, divididos entre municípios, governo de Minas Gerais e São Paulo e governo federal.

A UHE Jaguara irá repassar R$ 2,03 milhões e a UHE Miranda R$ 1,54 milhão.

A compensação financeira é relativa à indenização pela utilização de recursos hídricos para fins de geração de energia elétrica.

De acordo com José Carlos Borgmann, Gerente de Transição da ENGIE Brasil Energia, as cidades mineiras de Uberlândia, Uberaba, Nova Ponte, Sacramento e Indianópolis e as paulistas Rifaina e Pedregulhos, são as maiores beneficiárias da compensação financeira.

“Elas recebem, das Usinas Hidrelétricas Jaguara e Miranda, um valor mensal que contribui para o seu desenvolvimento justamente por estarem diretamente ligadas aos respectivos reservatórios”, explica Borgmann.

Em São Paulo, os municípios contemplados que apresentam influência direta dos reservatórios irão receber um total de R$ 249 mil. O repasse foi dividido entre Rifaina, que receberá R$ 224 mil, e Pedregulho, que receberá R$ 25 mil. 

Em Minas Gerais, o total a ser repassado aos municípios contemplados que apresentam influência direta dos reservatórios é de R$ 730 mil. 

Sendo este montante dividido entre Sacramento, que receberá R$ 230 mil, Indianópolis, que receberá R$ 180 mil, Uberlândia, beneficiada com R$ 210 mil, Uberaba, que receberá R$ 30 mil e Nova Ponte, que terá créditos de R$ 80 mil.

O valor repassado por meio da Compensação Financeira beneficia também os Governos Federais e Estaduais. 

Nos últimos três meses, o governo Federal recebeu R$ 700 mil, incluindo o montante destinado à ANA - Agência Nacional de Águas. Já o Governo de Minas Gerais receberá R$ 1,19 milhão e São Paulo R$ 249 mil. Parte dos valores pode ter sido recebido pelos beneficiários ao longo de 2017.

As usinas Jaguara e Miranda estão sob concessão da ENGIE desde o fim de 2017. A UHE Miranda entrou em operação em maio de 1998, com 03 unidades geradoras cuja potência de instalação é de 408 MW. Seu reservatório apresenta um perímetro de 247 km e uma área de 52km².

Já a UHE Jaguara iniciou a operação em 1971. Atualmente, ela opera com quatro unidades geradoras, com potência instalada de 424 MW. O reservatório possui perímetro de 75 km e área de 33 km².