Notícias >>

VISAM FAZ NOVAS AÇÕES CONTRA PROLIFERAÇÃO DO MOSQUITO DA DENGUE E DOENÇAS TROPICAIS

vISAM dá orientações aos moradores sobre como proceder quando das nebulizações (fumacês)

publicado em 05/11/2018

A Prefeitura de Rifaina, através da Visam – Vigilância Sanitária Municipal, da Secretaria de Saúde, realizou durante a semana passada, uma nova fase de nebulização (fumacê) em seu plano de combate aos mosquitos que transmitem doenças como dengue, zika vírus, febre amarela e gripe chikungunya. A ação se fez necessária em virtude da alternância de chuvas e calor na cidade nos últimos dias.

A Visam informa que a aplicação de inseticida, conhecido como “fumacê”, tem a finalidade de conter o aumento da proliferação do mosquito transmissor da dengue no perímetro urbano e abrangeu também o clube abandonado Wet World, na divisa com Sacramento (MG), próximo à ponte do Rio Grande.

Sempre que ocorrer a nebulização, os moradores devem abrir as portas e janelas, proteger seus animais, cobrir aquários, gaiolas, bebedouros e recipientes com alimentos dos animais de estimação, para evitar o contato com o veneno.

 “Nenhum alimento, bebida ou algo que será consumido deve ficar exposto”, esclareceu Rodrigo Ferreira, responsável pela Visam de Rifaina.

“A fumaça que é solta, depois de 20 a 30 minutos, decanta. É importante levantar colchas das camas, cortinas, locais da casa que servem de abrigo para o mosquito. Se ficar tudo fechado, não resolve”, diz o informe da Visam.

Quando o caminhão passar, a pessoa não deve sair de casa. Não deve ficar em cômodos fechados, sem ventilação. A pessoa deve procurar um local arejado. Se o morador agir de acordo com a orientação, não correrá riscos, afirma a Vigilância Sanitária.