Notícias >> Gabinete

COMO FAZER A BIOMETRIA ELEITORAL OBRIGATÓRIA COM APOIO DA PREFEITURA

- Quem não fizer Biometria ficará impedido de votar, poderá perder o CPF e não poderá fazer cadastro para casas populares em Rifaina -

publicado em 20/02/2018

Rifaina é uma das 84 cidades que passam atualmente pelo cadastramento biométrico obrigatório, (além de Pedregulho e Jeriquara, em nossa região).

Nestas três cidades, cujo cadastro é feito no Cartório Eleitoral de Pedregulho, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

Além de Pedregulho, Rifaina e Jeriquara, na região são obrigados a fazer o cadastro biométrico os eleitores de Altinópolis, Santo Antônio da Alegria, Guará e Miguelópolis.

 Veja as sete cidades da região, o número de eleitores e a quantidade de cadastrados até fevereiro de 2018, segundo o TRE - Tribunal Regional Eleitoral:  

 

MUNICÍPIO

ELEITORADO

CADASTRADOS

 

 

 

Altinópolis

13.616

  8.280 = 60.8%

Guará

15.409

10.224 = 66.4%

JERIQUARA

  3.357

  1.761 = 52.5%

Miguelópolis

16.869

  9.361 = 57,1%

PEDREGULHO

13.743

  7.580 = 55,2%

RIFAINA

  4.537

  2.292 = 50.5%

Sto. Antônio Alegria

  6.002

  2.910 = 48,5%

Eleitores Rifaina, Pedregulho e Jeriquara devem comparecer ao cartório da Justiça Eleitoral em Pedregulho para que suas digitais sejam coletadas e seus dados cadastrais revisados (o prazo termina em 27 de março de 2018).

CANCELAMENTO DO TÍTULO 

O eleitor que tiver o título cancelado não poderá votar e terá outras restrições civis, como tirar passaporte, matricular-se em estabelecimento de ensino oficial, tomar posse em cargo público e obter empréstimo em  bancos públicos.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Para fazer o cadastro, basta levar documento original com foto, comprovante de residência emitido há, no máximo, três meses e título de eleitor, se você já tiver.

Se for o primeiro título, homens de 18 a 45 homens devem levar o comprovante de quitação do serviço militar.

O recadastramento inclui aqueles para quem o voto é facultativo, como analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos de idade.

REUNIÃO

O Juiz Eleitoral de Pedregulho, Dr. Luiz Gustavo Giuntini de Rezende, reuniu-se com representantes dos três municípios no último dia 07/02, em encontro que teve a finalidade de realinhar as ações das cidades para estimular e alertar os eleitores sobre a obrigatoriedade do Cadastro e as conseqüências do não comparecimento.

Compareceram os prefeitos de Rifaina e Pedregulho, Hugo Lourenço e Dirceu Polo Filho – Dirceuzinho e o presidente da Câmara de Jeriquara, vereador José Arquias.

Além deles, estavam presentes, diretores de escolas municipais e educadores, que passaram a ter papel importante, utilizando o contato dos alunos com os pais.

Na reunião, o Juiz Eleitoral Giuntini mostrou-se preocupado com as conseqüências do não cadastramento dentro do prazo que termina em 27 de março.

“As conseqüências serão piores para as pessoas mais simples, que necessitam de documentos básicos como o próprio Título de Eleitor e o mais grave, a suspensão do CPF, pela Receita Federal”.

AS AÇÕES

As três cidades estão trabalhando no auxílio aos eleitores na questão da locomoção até o Cartório Eleitoral de Pedregulho, fornecimento transporte gratuito, diariamente, de ida e volta a Pedregulho.

No caso de Rifaina, o ônibus é fornecido todos os dias, às 14h, mediante agendamento que pode ser feito na agência do Banco do Povo, na Praça 24 de Dezembro.

Na reunião na Justiça Eleitoral no último dia 07, os prefeitos das três cidades convencionaram solicitar ao Juiz (que depende de autorização do TRE-SP), para que o Cartório Eleitoral de Pedregulho atenda aos sábados durante o mês de março, mas esta medida ainda não foi autorizada. 

Quem não fizer Biometria ficará impedido de votar, poderá perder o CPF e não poderá fazer cadastro para casas populares em Rifaina.