PREVISÃO
DO TEMPO
36°

Notícias Noticias

Praia de Rifaina continua fechada até que números do COVID-19 tenham queda significativa

Bares continuam abertos, mas variante delta ainda é uma ameaça
PUBLICADO EM 31/08/2021

A Prefeitura de Rifaina informa à população e aos turistas em geral que a administração continua firme em seus propósitos de evita o surgimento de mais casos de coronavírus e que medidas restritivas ainda são mantidas na cidade.

Uma das decisões é manter, ainda interditada, e por tempo indeterminado, o acesso à Praia artificial na represa do Rio Grande.

Os estabelecimentos comerciais do Calçadão da Praia, entretanto, continuam liberados para funcionar, evidentemente obedecendo as regras de distanciamento social e uso de máscara e álcool gel.

Alguns especialistas estimam um aumento de casos para as próximas semanas ao observarem o comportamento de países que foram tomados pelo variante delta, mesmo com uma taxa de vacinação melhor do que o Brasil – como Estados Unidos, Reino Unido e Israel.

Especialistas também estão de olho na situação do Rio de Janeiro, primeiro Estado brasileiro a ter a variante delta como prevalecente. Por lá, houve um aumento na demanda por internações, especialmente entre pessoas com mais de 60 anos.

DECRETO Nº 1.311 DE 30 DE AGOSTO DE 2020

 “DISPÕE SOBRE O FECHAMENTO DA ORLA DA PRAIA ARTIFICIAL DE RIFAINA E DA OUTRAS PROVIDENCIA”

HUGO CÉSAR LOURENÇO, PREFEITO MUNICIPAL de Rifaina, Estado de São Paulo, usando das atribuições que legalmente lhe são conferidas e;

 CONSIDERANDO a necessidade de se continuar estabelecendo medidas de contenção ao Coronavírus e sua variante;

                         DECRETA:

 ARTIGO 1º – Fica proibido o acesso:

I- Na orla da praia artificial de Rifaina.  

 ARTIGO 2º - Ficam mantidas as restrições constantes do Plano São Paulo.

 ARTIGO 3º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, por prazo indeterminado.

 Gabinete do Prefeito

Rifaina/SP, 30 de agosto de 2020.

 HUGO CÉSAR LOURENÇO

Prefeito Municipal